Pela 3ª vez em 5 anos, Aparecidense e Goiás disputam mata-mata no Goianão

Arte: Willian Rommel
Anúncios

Depois de 2015 e 2018, Aparecidense e Goiás disputam em 2019 mais um mata-mata no Goianão. Nos anos anteriores, os encontros foram nas finais dos torneios daquelas temporadas. Agora, o duelo é pelas quartas de final e se inicia neste domingo (24), às 16h, no Aníbal Toledo.

O Verdão fechou a fase de classificação na liderança, com um desempenho quase perfeito. Em 12 jogos, foram 10 vitórias, um empate e uma derrota. Por sua vez, o Camaleão garantiu a vaga no G-8 na bacia das almas, vencendo o Novo Horizonte na última rodada e contando com um tropeço do Grêmio Anápolis diante do Itumbiara.

Escalações

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Camaleão tem o retorno do zagueiro Filipe, que cumpriu suspensão automática contra o Novo Horizonte. Ele volta ao XI inicial e fará a dupla de zaga com Robson. No gol, existe a dúvida entre Wallace e Pedro Henrique. O restante do time deve ser o mesmo que encarou o Zonte.

Tiago Ulisses prevê crescimento da Aparecidense no mata-mata

Do lado esmeraldino, o desfalque é Marlone. O meia está com uma entorse no tornozelo. O substituto não foi revelado pelo técnico Maurício Barbieri, que trabalha com a possibilidade de escalar Gilberto Jr. ou Marcinho. Recém-chegados, Daniel Borges e Giovanni Augusto estão à disposição.

Marcelo Hermes pede atenção redobrada com Nonato

Retrospecto

O Alviverde tem grande vantagem no histórico de confrontos com a Aparecidense. Em 28 duelos, são 20 vitórias esmeraldinas contra apenas duas do Camaleão. Também houve seis empates. A curiosidade é que o Azulão jamais derrotou o Goiás atuando em Aparecida de Goiânia. Os triunfos da Aparecidense foram no Serra Dourada, em 2013, e na Serrinha, em 2017.

Ficha Técnica
Aparecidense x Goiás – jogo de ida das quartas de final do Goianão
Data: 24 de março de 2019
Horário: 16h
Local: Estádio Aníbal Toledo; Aparecida de Goiânia, GO

Árbitro: Bruno Rezende
Assistentes: Paulo César Almeida e Alexandre Amaral

Aparecidense: Wallace (Pedro Henrique); Rafael Cruz, Robson, Filipe e Rayro; Tiago Ulisses, Willian e Alex Henrique; Moisés, Nonato e Aleílson.
Técnico: Edson Júnior.

Goiás: Sidão; Kevin, David Duarte, Rafael Vaz e Marcelo Hermes; Geovane, Léo Sena e Renatinho; Michael, Marcinho (Gilberto) e Brenner.
Técnico: Maurício Barbieri.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE