5.6 C
New York
quarta-feira, julho 24, 2024
InícioFutebolAtléticoAtlético-GO diz que Felipe Melo é "grande covarde" após agressão a assessor

Atlético-GO diz que Felipe Melo é “grande covarde” após agressão a assessor

O empurrão de Felipe Melo após o gol de Zuleta, que deu a vitória ao Atlético-GO sobre o Fluminense, repercutiu nas redes sociais rubro-negras. O clube usou o X para criticar o atleta tricolor e o classificou como “grande covarde”. O Dragão também exibiu o vídeo gravado para rebater a acusação de provocação.


“Este é o único vídeo feito após o gol. Não houve sequer uma “invasão” de campo. O retorno após a gravação é feito próximo a linha. Não houve olhar, não houve filmagem, não houve absolutamente nada direcionado ao banco do Fluminense. Na ponta da área técnica, quase na área de entrevistas, houve uma agressão covarde. Apenas isso aconteceu, a agressão de um grande covarde”, escreveu.

Mais do Dragão
Veja a história do triunfo atleticano

- Anúncio -

As críticas ao jogador seguiram. “Haviam inúmeras câmeras do sportv no local e nenhuma capta “provocação” ou algo do tipo. Uma agressão pelas costas por conta de um “pulinho” no centro do campo é covardia, e foi isso o que aconteceu. Pouco importa as taças que levantou na carreira, vai continuar sendo para sempre desumano e antideportista. Legitimar a violência é crime!”

A agressão, segundo o próprio, não teria sido o único episódio de violência. Castro diz que foi ameaçado e agredido por outros funcionários tricolores no Maracanã. Em mensagem no WhatsApp, o profissional descreveu que foi cercado por oito pessoas que trabalham no Flu enquanto esperava para ir à delegacia. De acordo com ele, ainda houve frases como: “aqui é o Maracanã”.

Ao site ge, funcionários tricolores afirmaram que Castro fez xingamentos a profissionais do Fluminense desde o campo até o túnel de acesso ao gramado. Ele também teria provocado com a frase “vocês sempre perdem para a gente”.

O caso se desenrolou depois do gol de Zuleta, no último lance, que deu vitória ao Dragão no Maracanã. Após o empurrão em Álvaro de Castro, Felipe Melo foi expulso. Os jogadores tricolores reclamam de provocação, alegando que ele comemorou o gol em frente ao banco de forma desrespeitosa.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: FacebookTwitterInstagram e Youtube.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P