5.6 C
New York
quarta-feira, junho 12, 2024
InícioFutebolFutebol GoianoAparecidense bate o Sete de Dourados de virada

Aparecidense bate o Sete de Dourados de virada

Tozin sai do banco para dar a vitória ao Camaleão.

Foi na base da superação que a Aparecidense venceu o Sete de Dourados por 2 a 1, pela segunda rodada da Série D do Brasileirão. Tozin foi o nome da partida e mesmo entrando no segundo tempo, marcou duas vezes.

Com a vitória, o Camaleão assume a terceira posição do grupo A11, com três pontos. O próximo jogo da equipe goiana será contra o União Rondonópolis, na segunda-feira (05), no Aníbal Toledo. Já o Furacão Tricolor é o último colocado e não pontuou. O time volta a campo no sábado contra o Luziânia, fora de casa.

1°Tempo

- Anúncio -

A partida começou com o Sete de Dourados dominando. O time sul-mato-grossense começou pressionando. Aos 6 minutos, Marlon arriscou de longe e acertou a trave do goleiro Pedro Henrique. A Aparecidense tentava sair no contra golpe mas não obtinha sucesso nas suas descidas ao ataque.

Devido a pressão inicial, o zagueiro Mirita era bem exigido. O gol do time da casa não demorou a sair. Aos 16 minutos, após bola ser disputada no meio campo, Acosta tocou para Sadan que em velocidade saiu na frente da zaga e tocou na saída do goleiro. 1 a 0 Sete.

O Camaleão conseguiu chegar pela primeira vez aos 22, em cobrança de falta de Murilo que o goleiro Alan Tobias fez boa defesa. O técnico Zé Teodoro pedia para o time goiano avançar e o Furacão Tricolor diminuiu o ímpeto. Minutos depois, Klécio fez falta dura em Marlon e os ânimos tiveram que ser acalmados. O jogador da Aparecidense recebeu o cartão amarelo.

O Sete insistia em lançamentos para Acosta e Sadan que não surtiam efeito. Aos 41, Murilo recebeu bom passe na entrada da área, mas finalizou para fora. Aos 43, Klécio fez outra falta dura e o árbitro preferiu não mostrar o segundo amarelo e consequentemente o vermelho. A partida foi para o intevalo com a vantagem dos donos da casa.

2°Tempo

Zé Teodoro decidiu tirar Klécio e colocar Leo Teles. A Aparecidense começou melhor na segunda etapa. O Furacão Tricolor não conseguia ficar com a bola. Porém o Camaleão só levava perigo nas bolas paradas.

Tozin entrou em campo e deu mais velocidade para o time goiano. Já o Sete optou por fechar o time com a entrada do volante Pavão. A equipe visitante deixava espaços e estava sujeita a contra ataques. Em um deles, quase saiu o gol do Sete com Pablo, em cruzamento para dentro da área.

O Camaleão não desistia e na base da vontade foi para cima do time sul-mato-grossense. Aos 26 minutos, após cruzamento para dentro da área, Anderson Peixe cortou com a mão e o árbitro deu o pênalti. Na cobrança, Tozin deslocou o goleiro e empatou a partida.

Depois do gol tomado, o Sete tentou responder, porém foi a Aparecidense quem voltou a assustar. Leo Teles recebeu em profundidade e bateu rente a trave do goleiro Alan Tobias. Na sequência, a bola foi jogada para área, Neto cabeceou e Pedro Henrique fez boa defesa.

A virada veio aos 36 minutos, com Tozin. Após escanteio cobrado, a bola foi desviada e sobrou para o atacante que de perna esquerda escorou para as redes. A bola ainda caprichosamente tocou na trave. Minutos depois, Pablo perdeu grande oportunidade em cabeçada para fora.

O time da casa foi com tudo para o ataque e cedeu espaços. Por duas vezes o Camaleão quase chegou ao terceiro gol. Na primeira chance, Hélder arriscou e acertou a bola pela rede do lado de fora. Na segunda, Cadu saiu cara a cara com o goleiro Alan Tobias, mas o arqueiro conseguiu fazer uma grande defesa. A Aparecidense segurou até os últimos minutos e conquistou a vitória fora de casa.

Ficha Técnica:
Campeonato Brasileiro Série D – Fase de Grupos – 2ª rodada- Sete de Dourados -MS 1×2 Aparecidense
Data: 28 de maio de 2017
Horário: 17h
Local: Estádio Fredis Saldivar; Dourados-MS
Árbitro: José Mendonça da Silva Júnior – PR
Assistentes: Ruy César lavarda Ferreira – MS e Edson Campos Mendonça-MS
Cartões Amarelos: Klécio (Aparecidense) Peu, Thiago Moura (Sete de Dourados)
Gols: Sadan aos 16 minutos do 1° tempo (Sete de Dourados) Tozin aos 27 e 36 do 2° tempo (Aparecidense)
Sete de Dourados – MS: Alan Tobias; Léo Félix, Thiago Moura, Neto e Anderson Peixe; Peu, Buru, Marlon (Pavão) e Leandro Branco (Leandrinho); Acosta (Pablo) e Sadan.
Técnico: Bazílio Amaral.
Aparecidense: Pedro Henrique; Marco Tulio (Robert), Robson, Mirita e Hélder; Lusmar, Washington, Murilo (Tozin), Klécio (Leo Teles), Aleílson e Cadu
Técnico: Zé Teodoro
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P