5.6 C
New York
quarta-feira, junho 12, 2024
InícioFutebolAtléticoAdson rebate crítica de torcida e diz pensar em aposentar do futebol

Adson rebate crítica de torcida e diz pensar em aposentar do futebol

O presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista, desabafou após a derrota para o Internacional, por 2×1, nesta segunda-feira (19), com as críticas que recebeu da torcida ao final do jogo. Segundo o presidente, ele não merece passar pelas cobranças, xingamentos e desavenças que escutou ao término da partida, visto que os resultados ruins não apagam todas as coisas boas que o mesmo já fez em prol do clube. 

Além do mais Adson foi bastante enfático, ao dizer que já pensa em deixar o futebol de lado, pois é um mundo bem “injusto” como frisou. O presidente criticou a postura de uma parte da torcida organizada e destacou que se precisar, ele deixa o Atlético. 

Mais do Dragão
Veja quem apita o embate
Confira a classificação da Série A
Veja como foi a derrota para o Inter 

– Eu tirei esse time da lama, sempre dei minha vida por esse time, ai você vê uns pedintes de ingressos, a ingratidão no futebol é algo que dói. Mas eu sou maior do que isso, se eu sentir, apartir do momento que eu ver que eu não sou mais importante para o Atlético, como eu sempre fui, eu sou o primeiro a sair. Saio porque não mereço e não preciso passar por essas situações. Pessoas sem nível nenhum, do maior baixo calão, pessoas que eu tenho certeza que nunca viram o Atlético tomar de 7×0 aqui, de 8×0 aqui do Minaçu, o Atlético era um lixo e hoje é um time respeitado. Eu tenho grandeza de assumir a qualquer momento as minhas atitudes, o maior culpado sou eu. Melhor crucificar eu mesmo, sou corajoso e enfrento meus problemas. E digo, o futebol para mim é minha vida, mas ele está nos finais. Não vou arriar, vou voltar o Atlético para Série A, mas vou repensar muita coisa, pois não vale a pena passar por isso. O que eu recebo é isso. Não preciso disso aqui, isso é mais por amor. 

O Dragão vive uma fase complicada e venceu apenas uma partida das últimas 14 que disputou na Série A. Na 19° colocação com 22 pontos, o time tem mais de 92% de rebaixamento, segundo os matemáticos da UFMG, e precisará vencer ao menos mais oito partidas das 11 que restam para não cair. Mesmo diante desse clima o presidente ainda mostra otimismo, apesar de tímido, para a permanência. 

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Rádio Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Profissional na área esportiva desde 2012.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P