Vereador prestigia competição de taekwondo e defende projetos para esporte

Vinicius Cirqueira (PROS) é atleta da modalidade e quer usar mandato para incentivar o esporte amador em Goiânia

Vereador Vinicius Cerqueira marcou presença no Goiano de Taekwondo.(Foto: Vitor Monteiro/Esporte Goiano)
Anúncios

Durante a 1ª etapa do Campeonato Goiano de Taekwondo, um rosto conhecido chamou atenção do público. O vereador Vinicius Cirqueira (PROS), o 3º parlamentar mais votado da atual legislatura, marcou presença no ginásio do Clube Jaó e conversou com a reportagem do Esporte Goiano.

Fã e atleta de taekwondo, Cirqueira começou a praticar a modalidade com 9 anos de idade. Durante seus tempos de lutador, ele foi tricampeão goiano, bicampeão do Centro-Oeste e até campeão brasileiro. O vereador também fez combates internacionais, em competições na Argentina e nos Estados Unidos.

Mais sobre o taekwondo

A carreira bem-sucedida, no entanto, começou com uma vontade que contraria os princípios do taekwondo. “Quando entrei no taekwondo, foi para me vingar de uns socos que tomei na rua”, conta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em contato direto com a modalidade, Cirqueira percebeu a importância dos princípios.

– O taekwondo reeduca, aplica uma disciplina justamente no quesito de respeito, tanto aos pais, aos mais velhos e às pessoas como cidadãs. O taekwondo tem uma capacidade de formação na vida do atleta que eu recomendo para todas as pessoas. Educação e esporte é o caminho para o mundo melhor.

Depois de conhecer o esporte a fundo, o parlamentar se imbuiu dos valores pregados e… “Hoje, quem eu queria me vingar, é um dos meus melhores amigos”, ressaltou.

Vereador do esporte

Vinicius Cirqueira credita a maioria de seus 8.582 votos ao seu envolvimento com o esporte. Para retribuir, o parlamentar levanta a bandeira de apoio aos esportes amadores e fala sobre seus projetos para contribuir com o crescimento das modalidades na Capital.

– Precisamos ter uma secretaria de esportes. Goiânia não tem uma secretaria municipal de esportes. Ela está junto com a Secretaria de Educação. Para mim, é um retrocesso – disse- (Pretendo criar) uma bolsa atleta municipal, um projeto de lei de incentivo ao esporte, um fundo municipal de esporte. Nessa briga de regulamentação do Uber na cidade, estou querendo que 5% dos impostos pagos pelos motoristas sejam destinados para o fundo municipal do esporte – explica.

De volta à ativa

O trabalho na  campanha para entrar na Câmara de Vereadores de Goiânia deixou Cirqueira com pouco tempo para se dedicar ao taekwondo. Agora, o parlamentar revela que retornou os treinos há uma semana e, já na próxima disputa, quer voltar a competir, mas por um motivo mais nobre que a vitória.

“O importante é retornar aos tatames. Não estou preocupado com os resultados, mas sim com o exemplo para a garotada”, afirmou.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE