Com gols de Rafael Silva, Vila vence o CSA, de virada, e volta ao G-4

(Foto: Aílton Cruz)
Anúncios

O Vila Nova está de volta ao G-4 da Série B, após vencer, de virada, o CSA por 2 a 1. A partida, que aconteceu em um Rei Pelé lotado, contou com Jhon Cley abrindo o marcador para o Azulão. Rafael Silva, vindo do banco, marcou dois e garantiu a vitória colorada no segundo tempo.

Confira como foi a partida!

Com o resultado positivo, o Tigre alcança 43 pontos e salta para a 4ª colocação na tabela. Com a rodada se encerrando no sábado (15), o Vila ainda pode ser ultrapassado por Goiás e Avaí. O CSA, com o revés, perdeu a chance de ultrapassar o Fortaleza e virar líder do campeonato. O time alagoano fica estacionado na 2ª posição, com 46 tentos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os times voltam a atuar somente na próxima semana, quando o Vila vai visitar o Fortaleza na sexta (21), às 21h30. Marcelo Cabo e seus comandados vão à campo no dia seguinte (22), quando irão enfrentar o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas.

CSA sai na frente na primeira etapa

A metade inicial da partida foi agitada, com o Azulão aproveitando sua casa cheia para liderar as ações. O Tigre demorou a engrenar no jogo, mas também deu trabalho à defesa alagoana, principalmente com Mateus Anderson.

Pasinato, goleiro do Vila, foi exigido duas vezes em jogadas de perigo do CSA. Primeiro, em cobrança de Pio, aos 8 minutos, em que o meia soltou uma bomba e forçou boa intervenção do arqueiro. A outra, foi em cabeçada de Jhon Cley, que parou no camisa 1 colorado. O Tigre chegou bem com Mateus Anderson, aos 22, que fez Felipe realizar ótima defesa em chute de dentro da área.

Já na reta final da primeira etapa, o CSA conseguiu abrir o marcador. Em bate-rebate dentro da área do Vila, aos 44, a bola acabou sobrando com Jhon Cley. O ex-Vasco não perdoou e bateu cruzado para colocar o Azulão na frente.

Rafael Silva entra e decide partida

A segunda etapa começou morna, com o Vila na busca do empate, mas sem muita eficiência. Hemerson Maria, aos 12, decidiu realizar troca no ataque, sacando Alex Henrique e colocando Rafael Silva. A mudança se fez valer seis minutos depois, quando Wellington Reis cruzou rasteiro e o atacante conseguiu tocar de carrinho, igualando a partida.

Com o empate no marcador, o CSA teve que se atirar no ataque, querendo a vitória e a liderança momentânea da Série B. Apesar da pressão, o time alagoano esbarrou em Pasinato, que fez partida segura.

Comemoração de Rafael Silva (Foto: Aílton Cruz)

Rafael Silva voltou a aparecer no finalzinho de jogo, aos 45 minutos. O atacante, ex-Luverdense, esticou com a bola pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, estufando as redes e garantindo a virada do Tigre, colocando a equipe de volta ao G-4.

Ficha técnica:
CSA 1 x 2 Vila Nova
27ª rodada da Série B
Data: 11 de setembro de 2018
Horário: 19h
Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)

Árbitro: Léo Simão Holanda (CE)
Assistentes: Naílton Júnior de Sousa Oliveira (CE) e Jaílson Albano da Silva (CE)
Amarelos: Xandão e Daniel Costa (CSA); Pasinato e Geovane (VIL)
Gols: Jhon Cley (CSA) aos 44′ 1T (1-0); Rafael Silva (VIL) aos 18′ 2T (1-1) e aos 45′ 2T (1-2).

CSA: Felipe Garcia; Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha; Yuri, Pio (Judivan), Didira, Daniel Costa (Hugo Cabral) e Jhon Cley (Pingo); Rubens.
Técnico: Marcelo Cabo
Vila Nova: Pasinato; Moacir, Wesley Matos, Giaretta e Gastón; Wellington Reis, Geovane e Alan Mineiro (Washington); Mateus Anderson (Itaperuna), Lucas Braga e Alex Henrique (Rafael Silva).
Técnico: Hemerson Maria

Comentários

comentários

PUBLICIDADE