Promessa de Goiás é aprovado em teste por grande academia de tênis do país

Fotos: Cortesia/Família Laiffer
Anúncios

O tenista goiano Laiffer Alexandre, de nove anos de idade, foi aprovado em teste e chamado para treinar no Instituto Tênis (IT), academia apontada entre as melhores do país no esporte, localizada em Barueri, São Paulo. No local treinam jovens talentos do tênis brasileiro como Thaisa Pedretti, João Lucas Reis, Igor Gimenez, Matheus Pucinelli, Fernando Yamacita e a goiana Lorena Cardoso.

A oportunidade surgiu por meio do empenho da mãe, Tatiane Fagundes, que ficou sabendo do projeto do IT, entrou em contato com a academia e enviou vídeo (assista abaixo) do filho jogando. Após a análise do vídeo, o jogador foi chamado para uma semana de treinamento. Foram cinco dias de teste, em que Laiffer foi submetido a atividades técnicas e físicas.

– No segundo dia de teste um dos professores me perguntou se eu estaria disposta a me mudar para Barueri. Na conversa que tivemos após todo o período que passamos por lá, ele recebeu muitos elogios, principalmente sobre a velocidade de movimentação das pernas – revelou Tatiane.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A habilidade, rapidez de aprendizado e pouca idade de Laiffer foram fatores determinantes para a aprovação no teste. Diante da impossibilidade da família de se mudar para Barueri neste momento, ficou combinado que ele irá participar periodicamente de treinos no IT. O jovem poderá se mudar definitivamente para a cidade, sem o acompanhamento dos pais, somente quando completar 13 anos de idade.

A família de Laiffer é inteiramente envolvida com tênis. A irmã, Jhennifer Gabrielly, de 13 anos, atualmente ocupa a quinta colocação do ranking brasileiro feminino da categoria até 14 anos e foi semifinalista do Torneio Interclubes, disputado no mês de março deste ano, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A família possui uma quadra de tênis, no mesmo terreno da casa em que residem, no Jardim América, em Goiânia. O pai, Mário Ribeiro, é professor de tênis.

Ensino a ele que é preciso manter o foco todo o tempo dentro de quadra. Do lado de fora é brincadeira e diversão. Durante o jogo, independentemente do placar, é preciso ter garra e determinação. É preciso treinar com vontade e sempre buscar evolução – afirma Mário.

Laiffer Alexandre joga tênis desde os três anos de idade e atualmente cumpre rotina de cerca de 1h30 de treino por dia, incluindo parte técnica e física. Já conquistou cerca de 20 títulos, incluindo competições da Federação Goiana de Tênis (FGT) e do extinto Circuito Infanto-Juvenil de Tênis, entre jogadores da mesma idade, e torneios de classe, em que jogou contra adultos. Fã do argentino Juan Martin Del Potro, o jovem afirma que pretende se tornar tenista profissional.

– Gostei muito do Instituto Tênis. Fiz treinamento básico e físico. Quero voltar lá para treinar muito e realizar meu sonho de ser jogador de tênis – revelou.

Confira o vídeo enviado para o IT:

********************************************************************

Sensação do tênis nacional participa de torneio em Goiânia

O tenista Paulo Saraiva, natural de Brasília, será um dos principais nomes na disputa do tradicional torneio Louise Labé, que será realizado no mês de junho, no Goiânia Tennis Club, no Parque Amazônia, em Goiânia.

O jogador de 17 anos de idade causou comoção no tênis nacional nessa semana ao conquistar, no Future de Brasília, seu primeiro ponto no ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP).

Paulo, que começou a jogar aos 11 anos, idade considerada avançada para iniciação no esporte, foi revelado por projeto social promovido na capital do país. De origem humilde, filho de pai pedreiro e mãe diarista, planejava ter participado de mais competições ranqueadas, o que não foi possível por falta de recursos. Beneficiado por um Wild Card – convite da organização – o tenista estreou na chave principal derrotando o argentino Lorenzo Gagliardo por dois sets a zero, com parciais de 6/4 e 7/6 (7-5).

O torneio de Goiânia, que terá premiação em dinheiro, mas não conta pontos para o ranking, tem participações confirmadas dos paulistas Júlio Silva, Thiago Lopes e Luiz Campos e do brasiliense Antônio Amaro. Entre os goianos, já confirmaram participação Alessandro Camarço (Sessé), Douglas Segatti, Fábio Júnior, Flávio Cardoso, Gabriel Ferreira, Lécio Ramos e Thiago Gomes.

Paulo Saraiva já foi campeão jogando em Goiânia no ano de 2018. O jogador de Brasília faturou o prêmio da Classe Livre da 3ª Etapa do Circuito Lumina de Tênis, realizada no Condomínio Jardins Madri, no mês de abril. Na oportunidade, a final foi disputada contra o goiano Douglas Segatti, de quem venceu com parciais de 7/5, 1/6 e 6/3.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE