5.6 C
New York
terça-feira, maio 11, 2021
Início Quadra Futsal Após mais de um ano de paralisação, presidente da FGFS esclarece situação...

Após mais de um ano de paralisação, presidente da FGFS esclarece situação do futsal em Goiás

O presidente da Federação Goiana de Futsal, Murilo Macedo, em entrevista ao Esporte Goiano, esclareceu a atual situação que a FGFS vem passando com a pandemia do coronavírus. O futsal em Goiás não é realizado desde dezembro de 2019.

 

Murilo destacou como o esporte tem passado em Goiás, as dificuldades econômicas que a entidade vem enfrentando e lamentou muito a crise de saúde, que inclusive vem atingindo pessoas ligadas aos clubes ligados a entidade. Veja os assuntos abordados pelo presidente da FGFS. 

Mais do futsal
Confira as datas prováveis da Copa do Brasil de Futsal 

SITUAÇÃO ATUAL DA FGFS 

– Com relação a FGFS, o departamento técnico ainda está funcionando pois temos as transferências, que é sempre requisitado pelos clubes. O departamento administrativo também está em funcionamento, mas em caráter bem precário. No final do ano de 2020 fizemos uma assembleia para ver a questão do estadual, e não tivemos nem quórum, para a realização da competição. A dificuldade que estamos atravessando no momento, não é só em relação a pandemia, mas também é de questão econômica. Estamos tendo que utilizar dos próprios recursos pessoais para poder custear as despesas da federação que não são poucas, não temos patrocinador e nem a ajuda governamental. Todas as federações ficaram de fora, não somente a de futsal, a situação é preocupante. Mas nós temos a força e a determinação de que essa fase irá passar e o nosso futsal irá voltar.

 

TENTATIVAS DE ACORDOS E PERCAS DE AMIGOS

Murilo destacou que houve algumas tentativas com as entidades de saúde e de esportes em Goiás, para a realização das competições, seguindo todos os protocolos de saúde, porém nunca se houve um acordo. Com a atual situação da saúde, o presidente se mostra pessimista para um retorno. 

– A última competição que nós tivemos foi no dia 14 de dezembro de 2019, que foi a final do Campeonato Goiano de Futsal. No dia 16 de março de 2020 emitimos uma resolução suspendendo as competições até que tivéssemos o aval das autoridades. De lá para cá não conseguimos as autorizações, mesmo com várias tratativas com autoridades do COI, da secretaria do estado e do município, tentando a liberação das praças esportivas para a liberação das competições da FGFS, mas não obtivemos a permissão. A federação entende, pois a situação se agrava a cada dia e é muito preocupante. Tivemos o caso do Ailton do Goiás que faleceu ano passado, o Tibie do barranca está na UTI em coma, o Tocão do Vila Romana ficou ruim no hospital, tivemos vários casos no nosso meio. Então a situação é preocupante para voltar.

 

 

COMPETIÇÕES NACIONAIS 

– Estamos em contato com os clubes e trabalhando para que eles possam participar das competições nacionais, onde o estado de Goiás tem direito. Exemplo disso foi o Arena no final do ano de 2020 onde participou do Brasileiro Sub-15. Agora vamos com o Campestre no Brasileiro Feminino Adulto, que será realizado em Brasília, mas foi adiado. Conseguimos emplacar pela primeira vez dois clubes goianos na Copa do Brasil, que é o Corumbaíba, e o Lázio de Valparaíso. O sub-15 que terá em Belém, possivelmente teremos um goiano nesta competição. Infelizmente os clube estão sem ritmo de jogo, e sem condições de treino, mas estão indo representar nosso estado. Lamentamos por isso, mas por outro lado temos que entender que nosso país passa pela maior crise sanitária e nós temos que preservar vidas.

 

PLANEJAMENTO PARA O FUTURO

Por fim Murilo Macedo ainda destacou que se ocorrer uma liberação para o retorno das competições em Goiás, a FGFS está pronta para realizar os torneios.

– Caso aconteça, se for falado que a FGFS está liberada para a realização das competições, imediatamente nós convocaremos o conselho arbitral, o congresso técnico e os clubes. Com pelo menos um número reduzido de equipes, nos conseguiremos realizar as competições. Sem nenhuma dúvida.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Atualmente é Repórter do site Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Jovair Arantes dispara contra Casagrande após declaração de comentarista: “ele é viciado em droga”

Na quinta-feira passada (6), em Assunção, o Atlético vacinou os 44 integrantes da comissão técnica do clube, incluindo jogadores e dirigentes. A...

Pastelaria derrota a FORGET e vence Campeonato de CS:GO realizado na Arena Nitroxx

Nos últimos dias, foi organizado um Campeonato de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) na Arena Nitroxx. A equipe que saiu vencedora foi a...

Goianésia vai iniciar treinamentos na próxima semana, mas segue com elenco indefinido

O ano vem sendo de altos e baixos para o Goianésia. Em fevereiro, a equipe foi vice-campeã do Goianão de 2020, perdendo...

Éder lamenta eliminação e fala em tirar proveito desta dor “como combustível”

A busca do tricampeonato estadual pelo Atlético-GO teve fim na noite deste domingo (09) com a eliminação na disputa de pênaltis para...

Vila Nova encaminha acerto com dois reforços para a disputa da Série B do Brasileiro

O Vila Nova segue se planejando para a disputa da Série B do Brasileirão e após encaminhar a contratação de dois jogadores...
Anúncio