5.6 C
New York
terça-feira, janeiro 18, 2022
Início Futebol Atlético Marcelo Cabo comemora retorno ao Atlético-GO após oito meses: "relação especial"

Marcelo Cabo comemora retorno ao Atlético-GO após oito meses: “relação especial”

Da saída até o retorno de Marcelo Cabo ao comando técnico foram pouco mais de oito meses. Após conquistar o título goiano de 2020, o treinador deixou o time rubro-negro em 27 de fevereiro de 2021. Agora, em 11 de novembro, reassume o Dragão – para sua terceira passagem -, com o objetivo de ajudar na permanência na Série A.

“Eu estava de férias no Rio. Tive sondagens de outros clubes, mas só há um clube para o qual não posso dizer não: o Atlético Goianiense. Sempre falo que, quando o Atlético entra em contato comigo, ele me convoca. É uma relação especial. Todos já sabem também da minha relação com o Adson (Batista, presidente), então foi uma conversa muito rápida”, explicou o treinador.

Mais do Dragão:
-> Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

- Anúncio -

O Atlético Goianiense sofreu sua segunda derrota consecutiva na noite de quarta, quando foi goleado pelo Palmeiras por 4 a 0. Com isso, caiu para a 15ª posição, com 37 pontos, quatro acima do Juventude, que abre a zona de rebaixamento. O próximo desafio rubro-negro será contra o Santos, às 17h de sábado (13), no Antônio Accioly.

“Sei do momento pelo qual o clube está passando, mas temos plena confiança e sabemos qual o caminho temos de traçar para retomar as vitórias, com muito trabalho, muita dedicação e muito empenho”, projetou o técnico.

A última equipe dirigida por Marcelo Cabo foi exatamente o Goiás, rival atleticano. No time esmeraldino trabalhou em 19 partidas, entre julho e outubro, sendo demitido após o empate com o Botafogo, na 32ª rodada da Série B.

“Estamos em um momento complicado dentro da competição. Talvez, o nosso momento mais difícil. Nada melhor do que trazer uma pessoa na qual eu confio, um profissional que tem a sua história dentro do clube. E cada clube tem as suas particularidades. Aqui, o Marcelo (Cabo) sempre foi muito feliz, sempre foi solução. Espero que ele tenha muito sucesso nesse momento, pois nós precisamos voltar a jogar de maneira competitiva, jogar como o Atlético-GO sempre jogou”, destacou, confiante, o presidente Adson Batista.

Acompanhe o EG também nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.
Vitor Monteirohttps://esportegoiano.com.br/
Jornalista formado pela UFG (Universidade Federal de Goiás). Co-fundador do site Esporte Goiano e colaborador do Projeto Futebol de Goyaz. Trabalhou também na Rádio Universitária 870 AM, TV UFG, Rádio 730/Portal 730, Rádio Sagres, TV Sagres e jornal O Popular.
Anúncio

Últimas

Atlético-GO tem interesse em retorno de atacante, mas negociação é complicada

O Atlético Goianiense tem interesse na contratação do atacante Everaldo Stum, de 30 anos, que atualmente estaca no Kashima Antlers, do Japão....

Goiás demonstra interesse em atacante do Kashiwa Reysol, ex-Atlético-GO

O Goiás tem interesse na contratação do atacante Pedro Raúl, de 25 anos, que está atualmente no Kashiwa Reysol, do Japão, e...

Morrinhos aplica goleada no Goiatuba em jogo-treino

O Morrinhos goleou o Goiatuba pelo placar de 5 a 1 em jogo-treino na noite desta segunda-feira (17). A partida foi realizada...

Levantador cobra reação rápida do Goiás Vôlei após nova derrota

A derrota para a Apan Blumenau encerrou a sequência de duas vitórias do Goiás na Superliga. O bom momento, no entanto, não...

Da terra dos dinossauros, adversário do Goiás nunca venceu na Copa do Brasil

O Sousa Esporte Clube tem um dos escudos mais icônicos do futebol brasileiro. O, ao que parece, sorridente dinossauro verde é o...
Anúncio