Geovane minimiza derrota do Vila para o Oeste: “Não é pra tanto”

Foto: Comunicação/Vila Nova FC
Anúncios

Capitão e um dos pilares do meio-campo do Vila Nova, Geovane foi questionado sobre o resultado negativo diante do Oeste e a respeito do burburinho causado pela derrota entre os torcedores colorados. O volante afirmou que a equipe tinha total consciência da dificuldade do confronto e minimizou o revés.

“Realmente foi um resultado que não queríamos. Sabíamos que ia ser um jogo difícil, mas tínhamos as condições de somar os 3 pontos lá. Infelizmente foi um jogo abaixo do que era esperado por nós. Jogamos mal, principalmente no primeiro tempo. Mas não é pra tanto. É uma derrota que vai nos ensinar muito e que faz parte do futebol”, explicou.

A desconfiança gerada pelos dois jogos consecutivos sem vitória também foi abordada pelo jogador. Geovane foi categórico ao falar que esse sentimento da torcida acompanha o Vila Nova desde a temporada passada. Para o atleta, esse tipo de situação: “faz parte no futebol” e que resultados positivos minimizam o desconforto dos torcedores.

Sequência complicada
Visando a sequência da Série B 2018, o Vila Nova não terá vida fácil. Primeiramente, os comandados de Hemerson Maria vai até o Couto Pereira enfrentar o Coritiba, na próxima sexta (25). Os outros dois confrontos seguintes serão em Goiânia, mas com adversários duros: CSA e Fortaleza, respectivamente atuais vice e líder da competição. Geovane deu sua opinião sobre essa situação:
“Sequência difícil agora. Mais um jogo fora e outros dois em casa, com concorrentes diretos. É o momento exato pra mostrarmos nossa força, como já viemos mostrando no campeonato. Se nós quisermos seguir com nosso objetivo de brigar pela parte de cima, teremos de encarar de igual pra igual os adversários, fazer bons jogos e buscar as vitórias”, explanou Geovane.

Comentários

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

comentários

PUBLICIDADE