Em jogo com três gols e três expulsões, Goiás bate o Atlético outra vez

132
Anúncio
Foto: Assessoria do Goiás / Divulgação

O Goiás venceu o Atlético pela segunda vez no ano na tarde deste sábado, 11, no Estádio Serra Dourada. O alviverde fez 2 a 1 no rival e confirmou o bom momento técnico na temporada e o bom retrospecto nos clássicos. Para os rubro-negros foi a terceira derrota nos confrontos contra os adversários da Capital.

Os gols esmeraldinos foram marcados por Tiago Luís e Carlos Eduardo. Jorginho descontou para o Atlético. O árbitro Wilton Pereira Sampaio expulsou três jogadores de campo, Everton Sena, pelo lado do Goiás, e Júnior Viçosa e Betinho, do Dragão. O técnico rubro-negro, Marcelo Cabo, também recebeu cartão vermelho.

Com a vitória, o Goiás chegou a 17 pontos e atingiu a mesma pontuação do Vila Nova, que amanhã enfrenta o Goianésia, fora de casa. O Atlético permaneceu com 14 pontos e viu a Aparecidense abrir três de vantagem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Confira mais informações do futebol goiano

Os dois times voltam a campo pelo Campeonato Goiano no próximo dia 19. O Atlético vista o CRAC, em Catalão. O Goiás recebe o Anápolis, no Estádio da Serrinha. Antes, o time alviverde enfrenta o Cuiabá, na quarta-feira, 15, pela Copa do Brasil.

O jogo

A primeira grande oportunidade do jogo foi do Goiás. Aos 9 minutos, Patrick cruzou pelo lado esquerdo. A zaga do Atlético furou e a bola sobrou livre para Carlos Eduardo dentro da pequena área. O atacante chutou e Kléver fez defesa sensacional.

O Atlético deu o troco aos 13 minutos. Júnior Viçosa ganhou da zaga e cruzou para Abuda. O volante entrada livre na marca do pênalti, mas acabou chutando em cima de Pedro Bambu.

O Verdão voltou a levar perigo aos 20 minutos, quando outra vez Patrick avançou pela esquerda e cruzou. Léo Gamalho bateu de primeira, a bola passou rente à trave esquerda de Kléver.

Aos 35, o Goiás abriu o marcador. Após jogada trabalhada na entrada da área, Juan levantou na cabeça de Tiago Luís, que só tocou de cabeça para o fundo das redes atleticanas.

Jorginho fez belo passe para Wanderson aos 42. O lateral invadiu a área, foi foi atrapalhado por Pedro Bambu no momento de finalizar, a bola acabou saindo direto pela linha de fundo.

Kléver perdeu o tempo da bola, saiu errado do gol, e precisou derrubar Léo Gamalho aos 48 minutos. Os esmeraldinos queriam a expulsão do goleiro, mas Wilton Pereira Sampaio aplicou o cartão amarelo. Na cobrança da falta, Juan carimbou o travessão. No rebote, Fábio Sanches cabeceou e o arqueiro atleticano fez grande defesa.

Segundo tempo

Na etapa complementar foi o Atlético quem chegou primeiro. Luiz Fernando recebeu na esquerda e rolou para Jorginho, o meia chegou batendo a bola, que bateu na rede pelo lado de fora.

O troco esmeraldino foi fatal. Juan limpou jogada na intermediária e lançou Carlos Eduardo, que tocou na saída de Kléver para marcar o segundo, aos nove minutos.

O Goiás perdeu o zagueiro Everton Sena expulso após cometer falta em Luiz Fernando aos 18 minutos. O defensor recebeu o segundo cartão amarelo, o deixou a equipe alviverde com apenas dez jogadores.

Na cobrança da falta, o Atlético diminuiu a desvantagem. No primeiro lance Abuda chutou para grande defesa de Marcelo Rangel, mas o meia estava no rebote e só rolou para a rede.

A vantagem numérica do Atlético durou dez minutos. Aos 28, Júnior Viçosa foi expulso ao dar um ponta pé em Pedro Bambu.

Por muito pouco o Goiás não ampliou o placar aos 42. Léo Sena passou como quis por Daniel e bateu rasteiro. Kléver defendeu com o pé direito.

Aos 48, o Atlético perdeu mais um jogador expulso. Após falta dura em Jarlan, Betinho levou cartão vermelho direto. Por reclamação, no mesmo lance, o técnico Marcelo Cabo também foi expulso.

FICHA TÉCNICA
Atlético 1×2 Goiás
Data: 11/03/2017
Horário: 16 horas
Local: Estádio Serra Dourada
Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio; Fabrício Vilarinho e Alexandre Amaral.
Gols: Tiago Luís (36/2); Carlos Eduardo (9/2); Jorginho (19/2)
Cartões amarelos: Everton Sena, Léo Sena, Marcelo Rangel, Léo Gamalho e Jarlan (Goiás); Kléver e Luiz Fernando (Atlético)
Cartão vermelho: Everton Sena (Goiás); Júnior Viçosa e Betinho (Atlético)
ATLÉTICO: Kléver; Daniel Borges, Marcus Winícius, Roger Carvalho (Evanderson) e Wanderson; Abuda (João Pedro), Betinho, Luiz Fernando e Jorginho; Negueba (Willians) e Júnior Viçosa.
Técnico: Marcelo Cabo.
GOIÁS: Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Fábio Sanches, Everton Sena e Patrick; Vítor Bolt, Léo Sena, Juan (David Duarte) e Tiago Luís (Jarlan); Carlos Eduardo (Aylon) e Léo Gamalho.
Técnico: Gilson Kleina.
anúncio