Na luta contra rebaixamento, Rio Verde e Anápolis se enfrentam em confronto direto

(Foto: Reprodução Internet/ Arte: Igor Nery)
Anúncios

Rio Verde e Anápolis se enfrentam na tarde desta quarta, 29, a partir das 17h30, no estádio Mozart Veloso do Carmo, partida válida pela 3ª rodada do 3º Turno do Goianão 2017. O elenco do Verdão do Sudoeste, que está em 5º lugar do Grupo B, 11 pontos, vem sofrendo com problemas de salários atrasados, mas em meio à crise, o ‘Hulk’ goiano bateu o Atlético na última rodada e tem confronto direto em casa contra o Galo da Comarca, na luta contra o rebaixamento para a segundona.

O Tricolor, que está em 4º do grupo B, 12 pontos conquistados, precisa vencer ou no mínimo empatar fora de seus domínios para ficar com boas chances de permanecer na elite do Goianão.

Veja mais do Goianão!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em relação às escalações, pelo lado do Anápolis, o técnico Waldemar Lemos recoloca Furlan na lateral esquerda e promove a entrada de Rafael Pernão no meio de campo. O volante Helder retorna de suspensão e está confirmado.

Já o Rio Verde, vem com o que tem de melhor para a decisão contra o Galo. A única alteração deve ser por opção técnica: o atacante Enry sai para a entrada de Rogerinho.

Retrospecto

Segundo o site Futebol de Goyaz, Rio Verde e Anápolis já enfrentaram pelo Goianão da 1ª Divisão em 45 oportunidades. Foram 14 vitórias do Verdão do Sudoeste, 20 triunfos do Galo com mais 11 empates.

Ficha técnica
RIO VERDE X ANÁPOLIS

Local: Estádio Mozart Veloso do Carmo, em Rio Verde
Data: 29 de março 2017
Horário: 17h30
Árbitro: Wílton Sampaio (FIFA)
Assistentes: Cristhian Passos e Edson Antônio
4º Árbitro: Fabrício Nery
Assessor de Arbitragem: Vicente de Paula

RIO VERDE: Tom; Bruno Leite, Rogério, Herberth e Roger Guerreiro; Leandro Makelelê, Ayrton, Thiago Medeiros e Saulo; André Luis e Rogerinho.
Técnico: Régis Amarante

ANÁPOLIS: Wagner Bueno; Marcelo, Igor, Júlio César e Furlan; Neilson, Helder, Felipe Baiano e Rafael Pernão; David e Tiago Cavalcanti.
Técnico: Waldemar Lemos

Comentários

comentários

PUBLICIDADE