Aparecidense vira sobre o Botafogo e garante classificação heroica na Copa do Brasil

(Foto: Reprodução/FOX SPORTS)
Anúncios

A 1ª fase da Copa do Brasil começou bem para os representantes goianos. Na noite desta terça (06), a Aparecidense conseguiu avançar para a próxima etapa do torneio ao derrotar o Botafogo por 2 a 1, de virada. Rodrigo Pimpão abriu o placar para o time carioca, enquanto Nonato e Gustavo Ramos, o Gustavinho, marcaram os gols do Camaleão no Aníbal Batista de Toledo.

Confira como foi a partida!

Com a vitória, além da compensação financeira no valor de 500 mil reais, o time avançou na competição. O próximo adversário será o Cuiabá, que derrotou o Aimoré/RS por 2 a 1. A partida contará com mando de campo da equipe mato-grossense, ainda sem data definida.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Agora a Aparecidense volta as atenções para o Campeonato Goiano, já que a equipe visita o Goiás no próximo sábado (10). O confronto será realizado na Serrinha, com a bola rolando a partir das 16h30.

Botafogo consegue gol cedo e complica Camaleão

A primeira etapa teve seu início e não demorou muito para que o Botafogo abrisse o marcador. Aos 6, João Paulo enxergou a projeção de Pimpão e lançou do campo de defesa. O atacante do Glorioso passou no meio dos zagueiros da Aparecidense e, cara-a-cara com Busatto, deu apenas um toque de cobertura para fazer um golaço. Aparecidense 0 x 1 Botafogo.

Com o gol, o time carioca recuou e liberou a Aparecidense para controlar o meio-campo da partida. Mesmo com mais participação no campo de ataque, a equipe de Márcio Azevedo não conseguiu chegar com perigo ao gol de Jefferson. As melhores oportunidades vinham de chutes de longa distância, que acabaram não sendo eficazes.

O clube visitante ainda conseguiu bons contra-ataques na reta final do primeiro tempo. Em um deles, Pimpão enxergou Luiz Fernando livre dentro da pequena área. O autor do gol botafoguense cruzou bem, mas viu o ex-Atlético não conseguir o domínio e perder grande chance de ampliar.

Cabeçadas viram o jogo

Márcio Azevedo trouxe sua equipe para a segunda etapa com a entrada de Cristian no lugar de Thiago Ulisses. A presença do experiente meia conseguiu ajudar o meio-campo goiano a rodar mais a bola. Aos 3, Everton recebeu na direita e cruzou para a grande área. Nonato contou com uma cochilada da defesa alvinegra e teve espaço para cabecear no cantinho, empatando a partida: 1 x 1.

Confira a tabela completa da Série B 2018!

O jogo passou a ser mais truncado após o gol anotado pelo Camaleão. Muitos cartões passaram a ser dados pelo árbitro Flávio de Souza. A punição mais impactante veio aos 37 minutos, quando Pimpão reclamou de forma acintosa com o juiz e recebeu o vermelho direto.

Não demorou muito para que a Aparecidense aproveitasse do homem a mais, já que 2 minutos depois conseguiu chegar a virada. Em mais um cruzamento na área, dessa vez de Filipe Costa pela esquerda, Gustavo Ramos apareceu de surpresa e conseguiu cabeceio sem chances para Jefferson. Aparecidense 2 x 1 Botafogo.

Nos minutos restantes, o Botafogo se lançou desenfreadamente ao ataque, tentando empatar a partida. Na melhor chance obtida, Carli cabeceou para o meio da área e encontrou Igor Rabello. O atleta bateu de primeira e viu a bola raspar na trave de Busatto. Ainda teve tempo para a Aparecidense anotar mais um com Gustavo Ramos, mas o impedimento havia sido marcado na jogada. Fim de jogo. Classificação heroica do Camaleão.

Ficha Técnica:
Aparecidense 2 x 1 Botafogo – 1ª fase da Copa do Brasil
Data: 6 de fevereiro de 2018
Horário: 21h30
Local: Estádio Aníbal Batista de Toledo; Aparecida de Goiânia, GO
Público Pagante: 1.185
Público Total: 1718
Renda: R$ 37.175,00
Árbitro: Flávio de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ribeiro (SP) e Miguel da Costa (SP)
Cartões Amarelos: Wagner e Kaio Wilker (APA); Gilson, Arnaldo e Luiz Fernando (BOT)
Cartão Vermelho: Rodrigo Pimpão aos 38′ 2T (BOT)
Gols: Felipe Pimpão (BOT) aos 6′ 1T (0-1); Nonato (APA) aos 3′ 2T (1-1) e Gustavo Ramos (APA) aos 39′ 2T (2-1)
Aparecidense: Busatto; Everton, Filipe Costa, Mirita e Hélder; Uederson, Wagner, Thiago Ulisses (Cristian) e Alex Henrique (Gustavo Ramos); Aleílson (Kaio Wilker), Nonato
Técnico: Márcio Azevedo.
Botafogo: Jefferson; Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello, Carli e Gilson; Dudu Cearense (Rodrigo Lindoso), João Paulo e Luís Fernando (Renatinho); Rodrigo Pimpão e Brenner (Kieza)
Técnico: Felipe Conceição.

Comentários

comentários

PUBLICIDADE