5.6 C
New York
sexta-feira, julho 12, 2024
InícioFutebolFutebol GoianoPedro Canedo demonstra contrariedade e cobra participação na diretoria da FGF

Pedro Canedo demonstra contrariedade e cobra participação na diretoria da FGF

O presidente executivo da Anapolina, Paulo Nelli, disse que o clube vai adotar postura de oposição nas eleições da Federação Goiana de Futebol. Já o presidente do Conselho Deliberativo, Pedro Canedo, revelou que a posição oficial do clube sobre as eleições na FGF ainda será definida pela diretoria, mas ressaltou que Paulo Nelli está autorizado a fazer “o trabalho que está fazendo”.

Leia mais do futebol goiano!

Segundo ele, a diretoria colorada estaria de “saco cheio” com a situação atual no futebol goiano, cobrou “modernização da federação e transparência”. O sentimento demonstrado por Pedro Canedo é de inconformismo com o histórico de prejuízos do futebol anapolino nos bastidores ao longo dos tempos e, mas recentemente, os problemas verificados na disputa do Campeonato Goiano de 2018.

- Anúncio -

Os erros da arbitragem contra o clube foram citados pelo dirigente, entre eles o gol do Goiás no primeiro jogo das semifinais, vencido pela Rubra por 2×1, e a suspensão preventiva do lateral Marquinhos pelo Tribunal de Justiça Desportiva às vésperas do jogo de volta, diante do Goiás, no Estádio Serra Dourada. Segundo o presidente do Conselho Deliberativo da Xata, o clube quer “ocupar espaço”.

Caso o custo de tudo isso seja ficar na oposição após as eleições da FGF, o clube não vai permitir prejuízo. “Se por acaso não tivermos espaço na oposição, mesmo assim queremos ver o que será oferecido para o futebol anapolino. Vou ficar sozinho brigando pelo futebol anapolino, não vou dizer amém, Anapolina não está satisfeita com o que aconteceu dentro de campo, faltou pulso, bom senso. A torcida me cobra”, desabafou.

O presidente da FGF, André Pitta, durante a reunião em que recebeu apoio do Anápolis, GEA, Santa Cruz e Liga Anapolina de Desportos, revelou conhecer a postura do presidente executivo da Rubra, Paulo Nelli, em apoio ao projeto de oposição. “Respeitamos todos os clubes, independente se nos apoiam ou não. Não existe caça às bruxas. Este é um processo democrático, todos têm direito de ter sua posição, e a Anapolina tem a dela. Passado o processo, ganhe quem ganhar, tem que estar unido”, concluiu.
Igor Nery
Formado em jornalismo na PUC-GO. Apresentou o programa Toque Final e Tv Shop/Canal 5 da NET. Trabalha atualmente como produtor de esportes da rádio Manchester-AN, redator esportivo no Jornal Estado de Goiás e correspondente de Anápolis para o Esporte Goiano.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P