Em grande jogo, Jaó/Universo vira sobre Aliança e conquista Goiano Feminino

2
51
Atletas do Jaó comemoram título antecipado.(Foto: Rafael Tomazeti/Esporte Goiano)

A taça de campeão goiano de futebol feminino de 2017 já tem dono. O Clube Jaó/Universo derrotou o Aliança por 4 a 2 no CT Universo na manhã deste domingo, 22, venceu o segundo turno e sagrou-se campeão antecipado do Estadual. O título dá vaga à equipe na seletiva para o Campeonato Brasileiro Série A2.

A vitória que deu o tetracampeonato ao time azul não foi fácil. As aurinegras saíram na frente logo no início com gol de Laiana. A artilheira Sara marcou o do empate ainda no primeiro tempo. A virada veio com dois gols da zagueira Zaine. De pênalti, Daiane fechou o marcador.

O triunfo levou o Jaó para os seis pontos, garantindo o título do returno e da competição. O Aliança, mesmo com a derrota, assegurou o vice-campeonato, pois tem quatro pontos na soma dos dois turnos. A Campineira segue sem pontuar. Clique aqui e confira a tabela completa.

Jogo disputado

A partida foi digna de uma decisão. As duas equipes começaram com marcação forte, mas buscando o gol a todo instante. Quem se deu melhor primeiro foi o Aliança. Após boa jogada pela direita, Laiana chutou de fora da área e contou com a colaboração da goleira Rosane para marcar logo aos sete minutos.

Zagueira Patrícia recebeu o troféu de vice pelo Aliança.(Foto: Rafael Tomazeti/Esporte Goiano)

O Jaó não demorou para dar a resposta. A equipe da casa adiantou a marcação e melhorou o toque de bola. A defesa aurinegra, contudo, conseguia conter bem os avanços pelo meio e pelas laterais. Somente um golaço como o de Sara, aos 28 minutos, poderia ter furado o ferrolho. A artilheira do campeonato acertou um chutaço do bico direito da área e mandou a bola no ângulo, indefensável para Samila.

No restante do primeiro tempo, as donas da casa conseguiram administrar a vantagem em um jogo muito físico. As goleiras trabalharam, mas não precisaram fazer milagres em cobranças de falta próximas à área.

Zagueira decide

Se a primeira etapa já tinha sido ótima, o segundo tempo reservou ainda mais emoções. O técnico Luiz Cézar mexeu no Aliança no intervalo e deu mais força ofensiva ao time. Contudo, quem marcou primeiro foi o Jaó. Em cobrança de escanteio aos quatro, a bola foi desviada para o segundo pau e a zagueira Zaine apareceu para colocar a bola na rede e virar o placar.

A substituição de Luiz Cézar surtiu efeito prático minutos depois. Nayara entrou muito bem na partida e incomodou a defesa azul. Em um lance aos nove, ela avançou e chutou com força. Rosane fez uma linda ponte para salvar. No rebote, Idalana tocou de cabeça, mas a goleira ainda conseguiu se recuperar para fazer outra excelente defesa.

O gol das visitantes, porém, estava a caminho. Aos 15, Nayara fez jogada individual, conduziu e bola e bateu da entrada da área, tirando qualquer chance da arqueira.

Foto: Rafael Tomazeti/Esporte Goiano

O empate renovou as esperanças aurinegras, mas a empolgação foi tolhida no minuto seguinte. Em nova cobrança de escanteio pela direita, a bola foi mais uma vez desviada no primeiro pau e sobrou com Zaine na segunda trave. Desta vez com os pés, ela anotou mais um e recolocou as donas da casa na frente.

Para piorar a situação do Aliança, a zagueira Patrícia perdeu a bola Lorraine na área, aos 17 minutos, e a tocou por baixo. A arbitragem marcou pênalti, que foi cobrado e convertido por Daiane. Os dois gols em sequência deixaram o ânimo aurinegro em baixa. Apesar de ter mais posse de bola, a equipe não conseguia chegar com tanto perigo ao gol adversário. O Jaó não se omitiu da partida e jogou o restante do segundo tempo com inteligência para comemorar o tetracampeonato ao apito final.

Ficha Técnica
Clube Jaó/Universo 4 x 2 Aliança – Campeonato Goiano Feminino – 2º turno
Data: 22 de outubro de 2017
Horário: 9h
Local: CT Universo

Jaó: Rosane; Débora, Zaine, Claudyane e Lorena; Daiane, Karyne e Macedo; Samara     Lorraine e Sara.
Técnico: Robson Freitas.

Aliança: Samila; Dalila, Patrícia, Raniella e Mirely (Lorena); Marta, Karine e Laiana; Thayná (Nayara), Vanessa e Idalana.
Técnico: Luiz Cézar da Rocha.

Comentários

comentários