Apesar de sequência sem vitórias, Goiás tem risco mínimo de queda

0
13
Revés no Sul evitou garantia de permanência. (Foto: Gustavo Oliveira/Londrina E.C.)

A 34ª rodada foi péssima para o Goiás. Além da derrota para o Londrina, que culminou com a terceira partida sem triunfo, o time esmeraldino viu rivais diretos contra a degola, como Brasil de Pelotas, CRB e Paysandu vencerem. Com os resultados, a distância do Alviverde para o Z4 foi reduzida a três pontos.

O cenário é temeroso para o torcedor. Contudo, a depender do ponto de vista matemático, o clube pode ficar relaxado. Embora o Esmeraldino não tenha mais gordura para a degola, o alto número de ameaçados faz com que o Verde tenha apenas 1% de risco de cair para a Série C, segundo o site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

Mais do Verdão

Para chegar aos 45 pontos, número em que o rebaixamento é improvável, o Goiás precisaria de apenas mais uma vitória ou dois empates. O caminho, todavia, não é dos mais fáceis. Na próxima rodada, o time de Hélio dos Anjos recebe o terceiro colocado Ceará. CRB, em confronto direto, o líder Internacional e o Oeste, na briga pelo acesso, são os adversários seguintes.

Para a sorte alviverde, a tabela dos outros rivais contra a degola também é ingrata. O Luverdense, por exemplo, pega o quarto colocado Paraná e faz confrontos diretos contra Guarani e Boa Esporte. Bugre, Boa e CRB também têm ‘jogos de seis pontos’ nas últimas quatro rodadas.

 

Comentários

comentários