5.6 C
New York
sexta-feira, julho 19, 2024
InícioFutebolGoiásNa memória: De virada, Goiás aplica goleada humilhante no Vila Nova pelo...

Na memória: De virada, Goiás aplica goleada humilhante no Vila Nova pelo Goianão 2009

A goleada de 6 a 1 sobre o maior rival do futebol goiano, é sem dúvida a vitória mais marcante no clássico para os torcedores esmeraldinos. Desde então, não tivemos qualquer outro placar tão elástico no confronto que paralisa o estado quando acontece.

Tal goleada aconteceu no Campeonato Goiano de 2009, ao qual o time esmeraldino iria se consagrar campeão naquela temporada. O elenco do Goiás tinha jogadores renomados como Romerito, Zé Carlos, Iarley, Leandro Eusébio, esse mesmo grupo viria a fazer uma boa campanha na série A do Brasileiro, terminando o primeiro turno entre os primeiros colocados, e no final acabando na nona colocação.

Especial Goiás 77 anos:
Veja todas as camisas do time na década
Do Goiano ao Brasileiro Série B, relembre os títulos do Esmeraldino
Confira uma entrevista exclusiva com o ex-jogador esmeraldino Dill

- Anúncio -

Em homenagem aos 77 anos do Goiás Esporte Clube, o Esporte Goiano irá lembrar como foi uma das vitórias mais marcantes para o torcedor esmeraldino.

O JOGO

O Vila Nova começou melhor no jogo, tanto que logo de cara abriu o placar com o zagueiro Thiago Carvalho, após pegar o rebote numa cobrança de falta de Rosembrick. Com o gol o time colorado visou apenas se defender dentro de campo, e tentar levar a vantagem para o intervalo da partida. O Goiás no começo do jogo sentia-se um pouco desorganizado, mas aos poucos foi melhorando na partida.

O Verdão pressionava o Vila mas não conseguia fazer o gol de empate até os 30 minutos do primeiro tempo. Somente aos 33, a insistência deu certo. Felipe conseguiu empatar a partida, aproveitando a jogada feita por Iarley.

Com o empate o Goiás mandou no adversário e rapidamente conseguiu a virada com Leandro Eusébio, dois minutos mais tarde aos 35 minutos. Tal gol decretou as emoções finais no primeiro tempo, que terminou na virada esmeraldina.

PASSEIO NA SEGUNDA ETAPA

Se o começo da primeira etapa foi dominada pelos colorados, a etapa final foi totalmente ao contrário. O Goiás sobrou na segunda etapa, e marcou 4 gols, para selar a maior goleada do clássico até então já realizada.

O terceiro gol esmeraldino saiu logo aos seis minutos numa cabeçada do lateral direito Vitor, que recebeu um belo passe de Romerito, a bola passou no meio das pernas do goleiro Lauro e foi morrer no fundo da rede colorada. O quarto gol veio logo na sequencia aos 13 minutos, após ser lançado por Iarley, Romerito chutou cruzado sem chances ao goleiro do Tigrão.

Com o placar apontando 4 a 1, o Goiás sobrava em campo, enquanto o Vila completamente desorganizado sentia dificuldade de buscar algo, e visivelmente abatido, acabou sofrendo mais dois gols. Aos 23 minutos Júlio César, após receber cruzamento de Felipe na direita, chutou forte, marcando o quinto gol esmerladino.

O sexto e último foi marcado por Iarley, aos 38 minutos, numa jogada individual, chutou forte e fechou o placar no Serra Dourada: Goiás 6 a 1. Naquela oportunidade o atacante esmeraldino vinha de quatro meses sem marcar, desde o brasileiro de 2008. O resultado expressivo marcou a história do clássico, pelo lado esmeraldino.

Ficha Técnica
Vila Nova 1 x 6 Goiás – 5° rodada do Goianão 2009
Data: 08/02/2009
Horário: 17h00
Estádio: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Árbitro: Marcos Rassi (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho e Cristhian Passos (GO)
Público: 17.911
Renda: R$ 22.587,50 reais
Amarelos: Thiago Carvalho (VIL); Felipe, Leandro Eusébio, Vitor, Romerito, Júlio César e Iarley (GOI)

Gols: Thiago Carvalho  aos 4 min/1T (VIL); Felipe  aos 33 min/1T,  Leandro Eusébio aos 35 min/1T,  Vitor aos 6 min/2T, Romerito aos 13 min/2T, Júlio César aos 23 min/2T e Iarley aos 38 min/2T (GOI)
Vila Nova: Lauro; Osmar, Kleber Romero (Galvão), Thiago Carvalho e Valença; Cléber Goiano, Luciano Ratinho (Pereira), Leandro e Rosembrick (Alisson); Carlão e Vanderlei
Técnico: Gilson Kleina.
Goiás: Harlei; Vítor, Leandro Eusébio, Henrique (Gomes), Ernando e Júlio César (Zé Carlos); Ramalho (Fábio Bahia), Everton e Romerito; Iarley e Felipe.
Técnico: Hélio dos Anjos.
Willian Rommel
Jornalista formado na UFG. Pós graduado em jornalismo esportivo pela faculdade Estácio. Trabalhou na Rádio Universitária 870 AM, na Rádio Difusora 640 AM, Rádio Bandeirantes Goiânia, Diário de Goiás e na TV UFG. Profissional na área esportiva desde 2012.
Anúncio

Últimas

Anúncio
error: Este conteúdo é protegido por direitos autorais!
P