Festa adiada: Vila marca na etapa final e arranca empate com Inter

0
15
Foto: Twitter oficial do Internacional

O Vila Nova foi ao estádio Beira-Rio na tarde deste sábado, 11, enfrentar o Internacional em partida válida pela 35ª rodada do Brasileiro da Série B, e empatou em 1 a 1 com os donos da casa. O Tigre atuou retrancado no primeiro tempo, viu o Saci sair na frente com Cláudio Winck, mas melhorou na etapa final e buscou a igualdade com Ruan.

Com o resultado, o Vila é 7º, agora 54 pontos. Já o Inter fica em 2º, 64 pontos ganhos. Na próxima rodada, o Tigre recebe o Figueirense na terça, 14, no Serra Dourada. No mesmo dia, o Saci enfrenta o Oeste fora de casa. Nova chance para o colorado gaúcho retornar à elite do Brasileirão em 2018.

Tudo parecia perfeito para o Inter

O Vila começou retrancado. O Inter pressionando. Beira-Rio lotado. Logo saiu o tento dos donos da casa. Aos 11 minutos, cruzamento na área do Tigre, Luís saiu mal, Rodrigo Dourado cruzou rasteiro e Cláudio Winck só empurrou para as redes. 1 a 0 Internacional.

Como foi o tempo real desta partida!

Aos 21, o Vila Nova assustou. Geovane cruzou rasteiro, e Maguinho na frente do gol não conseguiu o desvio após dividida com a zaga. Quase quase o empate. A partir daí o colorado gaúcho começou a administrar a partida e a equipe goiana só se defendeu.

Jogo esquentou e o Tigre adiou a festa do Inter

Se o Internacional ganhasse, retornava à elite do Brasileirão em 2018 de forma antecipada. E o Vila, tratou de atrapalhar a festa. Logo aos quatro minutos, após cruzamento, a zaga do Saci tirou o perigo e a bola sobrou para Ruan, que oportunista e quase sem ângulo, pegou de primeira e mandou para o fundo das redes. Tudo igual, 1 a 1. Após o gol, o Inter quase voltou à frente do placar.

Aos 6 minutos, depois de cruzamento de D’Alessandro, Cláudio Winck cabeceou e obrigou Luís Carlos a fazer boa defesa. Aos 13, Thales cabeceou no primeiro pau e a bola passou perto do travessão de Luís, que só olhou. E foi pressão dos donos da casa. Aos 25, Camilo chutou, Luís defendeu, e no rebote Alemão tirou antes de Nico López finalizar. O defensor do Tigre salvou.

Aos 35 minutos, veio a melhor chance para o Vila virar. Maguinho recebeu lançamento de Alan Mineiro, chutou, o goleiro Danilo defendeu, a bola voltou e ele não conseguiu completar para as redes. Quase no fim de jogo, por pouco o Saci não comemorou o retorno à Série A. Aos 49, Heitor cabeceou e mandou no travessão de Luís carlos, quase marcando contra. Ficou assim: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1X1 VILA NOVA
35ª rodada do Brasileiro da Série B
Data: 11/11/2017
Horário: 16h30
Local: Beira Rio
Público total: 33.088 / Pagantes: 28.268 / Menores: 3.120 / Não pagantes: 1.700
Renda: R$ 735.273,00

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)
Cartões amarelos: Rodrigo Dourado e D’Alessandro (INT); Geovane e Fagner (VIL)
Gols: Cláudio Winck 11’ 1º T (1-0) para o Inter; Ruan 4’ 2º T (1-1) para o Vila

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Thales, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro, William Pottker (Camilo) e Eduardo Sasha (Nico López); Leandro Damião (Carlos).
Técnico: Guto Ferreira

VILA NOVA: Luís Carlos; Maguinho, Wesley Matos, Alemão e Gastón Filgueira; Geovane, Anderson Luís (Léo Rodrigues), Fagner (Heitor) e Alan Mineiro; Ruan e Lourency (Tiago Adan).
Técnico: Hemerson Maria

Comentários

comentários

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVeja como foi: Goiás 0 x 0 Ceará
Próximo artigoEm jogo morno, Goiás empata com o Ceará no Serra
Formado em jornalismo na PUC-GO. Apresentou o programa Toque Final e Tv Shop/Canal 5 da NET. Um dos fundadores do Goiás Mais Esportes, trabalha atualmente como produtor de esportes da rádio Manchester-AN, redator no Jornal Estado de Goiás e correspondente de Anápolis para o Esporte Goiano.