Camisa 10, Alan Mineiro é apresentado no Vila Nova: “quero ser referência”

2
337
(Foto: Comunicação/Vila Nova)

Na tarde desta segunda-feira, o Vila Nova apresentou o meia Alan Mineiro, de 29 anos. O jogador, que chega por empréstimo junto ao Corinthians, está regularizado e já se colocou à disposição do técnico Hemerson Maria para estrear. O Tigre volta a campo às 20h30 de sexta-feira, contra o Juventude, no Serra Dourada.

Mais do Tigrão!

O atleta recebeu a camisa 10 das mãos de Felipe Albuquerque, diretor de futebol. Alan falou da expectativa por sua chegada, comentando suas características. “Sou um jogador de armação, mas que chega bastante na área também, para finalizar a gol. O número da camisa não quer dizer muito, o importante é estar entre os onze e estar ajudando”.

Elogios ao novo clube

(Foto: Comunicação/Vila Nova)
Com poucas oportunidades no Corinthians, Alan Mineiro revelou os motivos que o fizeram optar pelo time goiano e não poupou elogios ao clube e torcida. “Estou muito feliz de estar aqui. Acredito que todo jogador precisa estar jogando, independente de qual campeonato ou clube. Eu escolhi o Vila pela camisa, pela tradição, por ser um time de massa, que incentiva e faz a diferença. O projeto me chamou atenção e me fez estar aqui agora. É uma oportunidade e uma responsabilidade muito grande estar vestindo essa camisa e espero poder honrar”.

Tigrão acertou com lateral uruguaio. Veja detalhes!

O meia lembrou sua última participação na Série B para falar das dificuldades do torneio nacional. E fez questão de destacar que acredita que o plantel é forte suficiente para buscar uma vaga na elite. “Joguei a Série B 2015 pelo Bragantino e fiz 12 gols. Foi quando chamei atenção do Corinthians, que me contratou. É um campeonato muito difícil, competitivo, e o que faz a diferença é fazer o dever de casa e beliscar uns pontos fora. Se fizermos isso, teremos condições de buscar o acesso. O Vila tem um elenco forte para isso”.

Com passagens por vários clubes, Alan espera ajudar os companheiros a evoluir, ressaltando que espera ser exemplo não apenas no gramado. “Até pela experiência que já tive em outros clubes, quero ser um líder e ajudar os jogadores mais novos. Quero ser uma referência dentro e fora de campo. Estou preparado para ser um líder para o grupo e fazer o melhor para o Vila”.

Comentários

comentários